Início / Testemunhos / O meu primeiro encontro extraconjugal – Testemunho

O meu primeiro encontro extraconjugal – Testemunho

O meu primeiro encontro extraconjugal Testemunho

“O meu primeiro encontro extraconjugal” é o testemunho de uma das nossas leitoras, que quis partilhar connosco a sua primeira experiência infiel.

De forma a garantir a privacidade de todos os intervenientes, tanto os nomes como as localidades foram alteradas. Conheça de seguida o testemunho da Judite.

O meu primeiro encontro extraconjugal

Boa tarde, o meu nome é Judite, tenho 42 anos, vivo no Porto, sou casada há mais de 15 e pela primeira vez na vida traí o meu marido e simplesmente adorei.

Resolvi partilhar convosco o meu testemunho, uma vez que tenho várias amigas, que tal como eu, vivem um casamento monótono e infeliz.

No meu caso, o meu primeiro encontro extraconjugal aconteceu com o Carlos, que conheci através deste site.

Começámos a falar, uma vez que o meu marido estava a passar cada vez menos tempo em casa, e quando estava eram demasiados segredinhos e “reuniões online” à porta fechada, ou seja, ele andava a trair-me.

Resolvi pagar na mesma moeda, e sem saber bem como o poderia fazer (já que não queria envolver-me com ninguém do trabalho) resolvi inscrever-me.

Ao final de uma semana comecei a falar com o Carlos, e conversámos durante 3 meses antes de nos encontrarmos.

Sentia que o conhecia melhor que ao meu próprio marido, e por isso resolvi marcar um encontro com ele. O Carlos é um pouco mais novo que eu (tem 37 anos), e é divorciado, por isso resolvemos estar juntos em casa dele.

Além de me ter feito o jantar (coisa que o meu marido não faz há anos), ainda me deixou super há vontade, para o caso de não querer envolver-me com ele naquele dia.

Como é óbvio, diz-lhe que queria e que o meu marido há muito que não me satisfazía sexualmente.

Fomos para o quarto, e ele começou a beijar-me (fiquei logo toda arrepiada), e em pouco tempo passamos para os preliminares. Aquele homem sabe como fazer sexo oral na perfeição.

Depois passamos para a ação, eu estava mais excita que nunca, e ele era uma fera na cama. Fizemos sexo em várias posições, usamos alguns géis eróticos que ele ainda tinha, e atingi o orgasmo em menos de 5 minutos.

Depois de conversarmos um bocado, voltámos à ação. Tive ao todo mais de 4 orgasmos numa única noite, e adorei a sensação de liberdade que estes nosso encontro extraconjugal me estava a proporcionar.

Como é óbvio, comecei a estar com o Carlos muito mais vezes (pelo menos 1 vez por semana) e cada vez é ainda melhor que a anterior.

Sinto-me viva, feliz e sou sexualmente ativa (embora não o seja com o meu marido).

A vingança é algo que sabe tao bem, assim como os meus encontros extraconjugais com o Carlos (estamos a ponderar ir passar um fim de semana fora e tudo).

Este foi o testemunho da Judite, uma mulher que já não se sentia bem ou feliz no seu casamento e que optou por um encontro extraconjugal para voltar a ser feliz.

Se quiser partilhar connosco o seu testemunho, sinta-se à vontade, pois protegemos todos os dados confidenciais.

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 3.0/10 (1 vote cast)
O meu primeiro encontro extraconjugal – Testemunho, 3.0 out of 10 based on 1 rating

Veja Também

ptencontros par perfeito

Como encontrei o meu par perfeito – Testemunho

Hoje o PTEncontros apresenta o testemunho da Diana, uma mulher jovem que procurava o par …