Início / Relacionamentos / Guia para terminar uma relação com estilo

Guia para terminar uma relação com estilo

Quando o amor numa relação termina cabe a nós dizer adeus à relação… e não à guerra. Esqueça os rancores, brigas e discussões e prepare-se para tirar o melhor partido da educação e da classe. Com o nosso artigo de hoje pretendemos ajudar a tornar-se um perfeito ex para que tudo corra bem e que possam continuar amigos. Se está com problemas na sua relação explicaremos as fases pelas quais irá passar e quais as melhores dicas para levar o fim do namoro com estilo e sem danos para ambos. Para tal é importante terminar a relação de modo elegante sem provocar feridas desnecessárias. Vejamos então como consegui-lo.

terminar uma relação

As 4 fases na hora de terminar uma relação

Fase 1: Dor e incerteza

Depois do fim o estado de ânimo por parte do que é abandonado passa pelas seguintes etapas:

1. Negação  (Ainda continua com a esperança de que seja apenas uma crise e que a relação volte a ser como antes)
2. Tristeza (Quando assume que a relação terminou, altura em que a dor se intensifica e poderá haver uma baixa de auto-estima e um sentimento de desorientação)

Para superar:
1. Não se exclua nem se esconda do mundo e tente uma atitude positiva. Tente amenizar os sentimentos de dor relativamente ao fim da relação.
2. Crie amor próprio e mime-se mais do que nunca, já que tem mais tempo para si. Não se torne numa vítima da vida.
3. Abra os seus horizontes e faça todas as atividades que sempre quis fazer, abra a sua mente e esteja disposta a conhecer pessoas novas e visitar novos lugares.
4. Reforce os seus laços com as pessoas que o apoiaram e sabe que gostam de si: família, amigos, colegas. O importante é concentrar-se em si e nos que querem bem, não no seu ex. Se o deixou deverá respeitar a sua dor e dar-lhe tempo. Se o deixaram foque os seus pensamentos em si mesma: Se quiser chorar, faça-o, desabafe mas faça o possível para ultrapassar e recuperar este mau momento.

Fase 2: Tomada de consciência

Como se diz, quando conseguir recuperar o seu próprio eu é o momento de superar o sentimento de propriedade. Isto quer dizer que já não sente o mesmo pelo seu ex e poderá seguir em frente.

Para consegui-lo:

1. Não pergunte nem se interesse pela vida da outra pessoa (a menos que tenham filhos em comum). Não tente controlar a vida do seu ex nem saber onde vai e com quem. O que acontece na vida dele já não lhe diz qualquer respeito.
2. Tente apagar da sua vida todos os objetos ou coisas que lhe trazem recordações. Devolva-os ou deite fora simplesmente.

O elegante é tentar importar-se o mínimo relativamente ao seu ex-companheiro, é considerado como algo elementar para conseguir ultrapassar os momentos complicados. Seja educado, poderá ficar a bem com o seu ex mas não deve permitir-se iludir.

Fase 3: Hora de agir

Se está bem a nível mental (não se deixou vencer pela ira, pela raiva nem pela dor) e aprendeu a respeitar os vossos limites sem invadir (nem deixar que invadam) o seu território já está preparada para passar à ação. No caso de ser apenas um namoro está na hora de encarar o estatuto de solteira. Se for casado deverá passar para o divórcio de forma calma e amigável.

Fase 4: Novo amor

Bem-vinda à melhor de todas as fases!

Após uma separação ou divórcio maduro e saudável, com as suas feridas e recordações já ultrapassadas com o passar do tempo, é sinal que está preparada para uma nova relação e para deixar entrar o amor na sua vida. Não duvide! Há sempre uma nova oportunidade independemente da idade. As novas relações costumam ser mas calmas e com maior tendência para o sucesso. Não se feche, deixe a vida sorrir para si e encontre o novo amor.

 

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)

Veja Também

sexo ou amor

Sexo ou amor, será que o amor é a escolha certa?

Numa sociedade em que o sexo tem cada vez mais um papel mais importante do …

2 comentários

  1. olá

    tudo bem?

    VA:F [1.9.22_1171]
    Rating: 0 (from 0 votes)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *