Você está aqui:Início » Relacionamentos » Ejaculação feminina

Ejaculação feminina

 

 

A ejaculação feminina ou squirting em inglês, é motivo de várias conversas entre grupos de homens e mesmo mulheres, com curiosidade acerca deste fenómeno, aquele mistério feminino que muitas vezes se encontra em filmes pornográficos. Infelizmente nunca tive nenhum namoro ou relacionamento com uma mulher com a qual pudesse testemunhar “in loco” uma ejaculação feminina verdadeira, tenho até um amigo ainda hoje se recusa a acreditar que uma mulher possa esguichar naturalmente aquele líquido naquela quantidade e forma.

A primeira vez que me ouvi falar em ejaculação feminina / squirting foi ao visualizar um filme porno quando era ainda um adolescente rebelde e inconsciente. Gostava particularmente de cenas com relações em locais públicos e de contemplar os supostos orgasmos que as atrizes porno tinham. Até surgir a ejaculação feminina, ficava sempre na dúvida se aqueles gemidos ruidosos “OH YES!  MY GOD! I´M COMING!” eram sinónimo de um verdadeiro orgasmo feminino ou simplesmente parte do guião. Foi então que surgiu a primeira cena com ejaculação feminina! Aí sim! Sabia que era uma gozada real ao ver aquelas vaginas transformarem-se num chafariz. Eram outros tempos em que a internet não estava tão desenvolvida como atualmente e o meu único acesso a mulheres despidas em cenas quentes eram velhinhas cassetes video vhs partilhadas por alguém que as tinha tirado ao pai sem ele dar conta.

Após a primeira apresentação com este mistério e na minha humilde falta de conhecimentos enquanto rapaz virgem inexperiente, fiquei dividido acerca da credibilidade daquilo: Será real? Será mijo?? Óleo??? Esperma???????? Confesso que fiquei bastante excitado com todas as possibilidades, pois até então considerava o orgasmo com ejaculação como algo estritamente masculino. No dia seguinte foi o meu principal motivo de conversa na escola, apareceram logo aqueles aldrabões de 15 anos a falar que já tinham comido a namorada no carro do pai e que ela molhou o banco traseiro com líquidos vaginais desconhecidos. Foi então que comecei a imaginar que se uma mulher gozava a valer, tinha de ejacular também, tal como eu.

Hoje sei que a ejaculação feminina é algo real.

Os filmes para adultos deram ao squirting / ejaculação feminina uma preponderância especial, utilizando diversos truques para exagerar esse acontecimento. Embora todas as mulheres possam ejacular, nem todas o fazem e mesmo aquelas que o fazem, nem sempre ejaculam. É algo que acontece com maior facilidade com a estimulação do ponto G, a ejaculação feminina caracteriza-se pela excreção de líquidos pelas glândulas de Skene durante o orgasmo da mulher, líquidos esses que não estão relacionados com os fluídos de lubrificação vaginal que facilitam a penetração, nem tão pouco com a urina.

Claro está que um certo problema de incontinência durante o bem bom, poderá ser confundido com ejaculação feminina, contribuindo para a falsa ideia de que o squirting é apenas mais um mito sexual.

Esta é mais uma dica acerca do prazer sexual feminino que tenho partilhado com todos os leitores do blog do Doctor Love, resta-me fazer a minha habitual despedida: Um excelente fim de semana para todos! Boa sorte no amor!

VN:F [1.9.22_1171]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
Os comentários de momento estão encerrados!

© 2009 - 2016 Energizado com Wordpress, Powered By PTEncontros

Ir para o Topo